Projetos Co-Financiados

«AVISO 22 – EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÚSTRIA, AGRICULTURA, FLORESTA E PESCA», prevê a possibilidade de financiamento de candidaturas para a implementação de medidas que promovam a eficiência energética. «Beneficiário A»: Operadores de instalações do setor da agricultura, floresta e pescas, com código CAE compreendido entre o 01 a 03; «Beneficiário B»: Operadores de instalações industriais (código CAE 05 a 33) cujo consumo energético, no ano civil anterior, tenha sido inferior a 500 tep/ano, incluindo instalações com atividades nos domínios do abastecimento de água e do saneamento de águas residuais; «Beneficiário C»: Operadores de instalações a cumprir as disposições constantes do Decreto-Lei n.º71/2008, de 15 de abril, Sistema de Gestão dos Consumos Intensivos de Energia (SGCIE). São elegíveis todos os projetos que conduzam ao aumento da eficiência energética por via da implementação de medidas tangíveis de eficiência energética. São elegíveis os investimentos que visem promover a melhoria do desempenho energético das instalações, através da substituição de equipamentos existentes por outros mais eficientes, da implementação de dispositivos de controlo e atuação que permitam otimizar as condições de uso e consumo de energia e/ou da reformulação e integração de processos. Apenas são elegíveis projetos que apresentem um período de retorno simples inferior a 7 anos (84 meses). A comparticipação, por candidatura, de despesas do FEE é de 30% das despesas totais elegíveis, até ao limite máximo de € 80.000,00 (oitenta mil euros). A AREAC encontra-se disponível para colaborar consigo na elaboração de candidaturas. Fale connosco sem compromisso. Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 239 542 939 Instalações: Rua Dr Rosa Falcão, 133 3220-216 Miranda do Corvo (9h00 - 12h30 / 14h00 - 17h00) Rumo a um futuro sustentável,

O "Energy Game II" é um jogo de computador interativo de cariz lúdico e pedagógico, jogado em sala de aula, que permite de uma forma bastante apelativa e inovadora sensibilizar os jogadores para a questão da eficiência energética.

Os edifícios escolares caraterizam-se por serem edifícios de serviços com uma utilização particular, em que o horário de funcionamento inicia-se, geralmente, de manhã cedo e termina no final da tarde, e não existindo uma utilização regular de muitas das divisões ocupadas. Assim, o uso eficiente da energia nestes edifícios está dependente de uma gestão correta das instalações e de uma manutenção qualificada por forma a minimizar os custos associados ao consumo e ao aumento das tarifas de eletricidade.

Programa de Eficiência Energética para PME que se destina a promover a mudança de comportamentos face ao consumo de energia nas empresas, através de formação gratuita.

Mais informações em http://www.galpenergia.com/PT/Sustentabilidade/Paginas/Galp-ProEnergy.aspx

Este Projeto é da responsabilidade da RNAE – Associação das Agências de Energia e Ambiente (Rede Nacional) e dirige-se aos alunos do Ensino Secundário, público e privado, e do Ensino Profissional de centenas de escolas espalhadas por todo o país. Contamos contigo para participar neste movimento.
Visita o resto do website e aprende mais sobre as temáticas: Alterações Climáticas, Eficiência Energética e o YEL. http://yel.pt/pt/
Junta-te a nós, dá o teu contributo. Liga-te à Corrente!

A medida visa a instalação de equipamento (transformadores) para a redução da potência consumida por lâmpadas fluorescentes T8 ou T12 com balastros ferromagnéticos assim como a correção do fator de potência. A poupança é conseguida através da regulação dos níveis de tensão e corrente das instalações elétricas.

A medida tangível ReFLUX – Regulação de Fluxo Luminoso na Iluminação Pública visa promover a instalação de reguladores de fluxo na Iluminação Pública de acessos rodoviários ou ambiente urbano, com o objetivo de reduzir o consumo de energia e a manutenção a partir da redução do valor da tensão de alimentação da rede de iluminação pública existente.

  areac@mail.telepac.pt           Tel/Fax: (+351) 239 542 939            Rua Dr. Rosa Falcão, n.º 133, 3220-216 MIRANDA DO CORVO                

Assine a nossa Newsletter

Nome:
Email: